CAMPOS ELETROMAGNÉTICOS DO CORAÇÃO



Campos eletromagnéticos do coração

O coração é o primeiro órgão humano a funcionar durante a gestação. Estudos mostram que o coração possui um campo eletromagnético de transmissão para todo o resto do corpo. A cada batida do coração envia ondas eletromagnéticas que contém algumas informações essenciais.
Por ser um dos meios principais de comunicação com o Universo e com as pessoas, o coração é um órgão de extrema importância para o homem. Apesar de termos aprendido, na ciência convencional, que o coração é funcional por bombear o sangue com nutrientes para todas as células, sua utilidade vai bem além disso. De acordo com neuro-cardiologistas, de 60 a 65% das células não são só músculos, mas neurônios, que fariam esse órgão funcionar de maneira similar ao cérebro. Talvez por isso, aproximadamente 20 dias depois da fecundação, o coração já começa a funcionar.
Enquanto o cérebro nos dá informação individual, o coração daria a informação universal, levando a chave que conecta o ser individualizado à sociedade. As ondas eletromagnéticas enviadas pelo coração alteram de acordo com as emoções que sentimos – dessa forma, boas emoções nos previnem, de fato, de doenças, pois fortalecem nosso sistema imunológico. Essas ondas podem ser medidas metros além do nosso corpo e fluem em correntes indo e vindo, em formato de um anel. O sistema de neurônios do coração possui memórias de curto e longo prazo e os sinais enviados ao cérebro também afetam nossas emoções; dessa maneira, o coração envia mais informações ao cérebro do que o oposto.

Fontes e mais informações:
CHANG, P. Scientific evidence: The heart is an intelligent electromagnetic field generator that thinks. Conscious Life News. Disponível aqui.