PEDAGOGIA WALDORF - PRÁTICA ANTROPOSÓFICA


Pedagogia Waldorf - Antroposófica



O que diferencia a pedagogia Waldorf de outras correntes pedagógicas inovadoras, é a sua concepção do homem e do mundo, a forma como compreende e atua na realidade frente às necessidades de transformação. A prática educativa Waldorf fundamenta-se na visão do homem como uma unidade harmônica físico-anímico-espiritual.
Fundada por Rudolf Steiner em 1919, em Stuttgart, na Alemanha, inicialmente através de uma escola para os filhos dos operários da fábrica de cigarros Waldorf-Astória, a pedagogia de Waldorf distinguiu-se desde o início por ideais e métodos pedagógicos até hoje considerados revolucionários.
Pedagogia Waldorf tem suas bases na Antroposofia, e ultrapassa a mera transmissão de conhecimentos. As escolas Waldorf procuram estabelecer uma relação harmônica entre o desenvolvimento das crianças e a aprendizagem.
Steiner baseou-se na observação do ser humano, e o descreveu sob vários ângulos complementares, dois dos quais tendo efeito direto na educação:
  • a constituição humana e
  • o desenvolvimento da personalidade num ciclo de sete anos (setênios).



A constituição humana

Para Rudolf Steiner, o ser humano é constituído por três veículos de expressão:
1.  o corpo,
2.  as emoções
3.  a mente
Aos quais correspondem três funções:
1.  o querer,
2.  o sentir
3.  o pensar.
Todos esses aspectos precisam ser educados com a mesma atenção para a plena realização do potencial humano.
Esse é o objetivo da Pedagogia Waldorf, e por isso ela desenvolveu atividades para cada uma das constituições humanas:

O corpo é educado por meio de atividades práticas como:
  • jardinagem,
  • marcenaria,
  • construção,
  • ginástica,
  • trabalhos manuais
  • culinária, entre outras.
Desse modo, fortalece-se também o caráter da criança, pois ela desenvolve a força de vontade, criando qualidades como a disposição para enfrentar dificuldades e a perseverança.
As emoções são educadas pela arte:
  • música,
  • canto,
  • desenho,
  • pintura,
  • literatura,
  • teatro,
  • recitação,
  • escultura e
  • cerâmica.
Por meio da expressão artística, são dadas muitas oportunidades para o refinamento da sensibilidade, harmonização de conflitos na área afetiva e interação social.

A mente educa-se por meio:
  • da transmissão do conhecimento já adquirido pelo homem de forma balanceada e adequada à idade do aluno.
  • do uso da arte e de atividades práticas também como instrumentos a serviço das matérias acadêmicas.
Busca-se cultivar o sentimento de admiração que as crianças têm em relação à Natureza e ao mundo como forma de manter vivo o seu interesse em aprender.

Com a educação integrada de todos os aspectos do seu ser, a criança aprende a não dissociar pensamentos, sentimentos e ações.Torna-se, assim, um adulto equilibrado e coerente.

O desenvolvimento da personalidade num ciclo de sete anos (Setênios)

De 0 a 07 anos (maturidade escolar):
A criança está aberta ao mundo; tem confiança ilimitada; recebe impressões sensoriais; não elabora julgamento ou análise; está na fase do desenvolvimento motor; as percepções inadequadas são armazenadas no inconsciente (não compreende o pensamento dos adultos); o aprendizado por imitação; o educador Waldorf deve ser digno de ser imitado, pois nessa imitação inconsciente estará fundamentando sua moralidade futura.
Característica: O bom.

De 07 a 14 anos (maturidade sexual):
Desenvolvimento anímico*; emancipação da vida corporal; interage e reage aos estímulos que recebe; necessita de explicações conceituais; interesse pela admiração que as coisas causam; vivência na área dos sentimentos; puberdade (12/14 anos) perturba a harmonia anímica; o professor Waldorf deve saber o que é bom ou não para seu aluno e entusiasmá-lo, deve ter “autoridade amorosa”;
Característica: O belo.

De 14 a 21 anos (maturidade social):
Liberdade das forças anímicas; desenvolvimento do lógico, analítico e sintético; separa-se do mundo (vê o mundo de fora); quer explicações conceituais e intelectuais; quer ser compreendido; o professor Waldorf deve ser digno de respeito.
Característica: O verdadeiro.

Cada setênio apresenta momentos claramente diferenciáveis, nos quais surgem ou despertam interesses, perguntas latentes e necessidades concretas.

Na Pedagogia Waldorf, é dada uma importância fundamental à educação no primeiro setênio por se tratar da fase da vida na qual é desenvolvida a organização do corpo físico, o veículo que o indivíduo irá usar como meio e instrumento para a concretização de sua missão na Terra. A educação visa proporcionar um corpo são para uma mente sã.

.
A pedagogia Waldorf está muito enraizada no respeito e na admiração pelo Mundo, incutindo nas crianças a capacidade e a responsabilidade de intervir na preservação da Natureza.
.
Os pais que procuram uma escola Waldorf desejam que os seus filhos tenham uma formação com mais liberdade e em harmonia com a Natureza. E que esta seja saudável para o corpo, a alma e o espírito, seguindo um estilo de vida alternativo, com menor consumismo.
.
* anímico= referente à alma
.
Fonte: